Nova Cidadania
Liberdade e Responsabilidade Pessoal
Patrocinios
SEGUE-NOS EM:

Image


A Sibéria de Estaline
a_ilha_dos_canibais_small.jpg

Um livro que traz à superfície um episódio particularmente dramático, mantido em silêncio durante décadas: a deportação, em 1933, de milhares de “elementos desclassifi cados e socialmente prejudiciais” de Moscovo e Leninegrado, abandonados à sua sorte numa pequena ilha a norte da Sibéria. Pela sua brutalidade extrema - dois terços dos deportados morreram de fome, de exaustão e de doença nas primeiras semanas, transgressões como o canibalismo e a necrofagia - este episódio revela o clima de violência e de regressão em certos espaços soviéticos, lugares de deportação e de fi xação de residência de excluídos da sociedade socialista em construção.

A Ilha dos Canibais – 1933, Deportados ao Abandono na Sibéria | Nicolas Werth
Pedra da Lua, Lisboa, 2007, 168 pp 

Comentários (0)Add Comment

Escreva o seu Comentário
É necessário autenticar-se para enviar comentários.

busy
 
© 2005 – 2019 Nova Cidadania