Nova Cidadania
Liberdade e Responsabilidade Pessoal
Patrocinios
SEGUE-NOS EM:

Image


Portugal visto do Mundo

Portugal visto do Mundo

São sempre bem vindas as obras que nos ajudam a entender qual o lugar de Portugal na História e no Mundo.

Malyn Newitt
Portugal na História da Europa e do Mundo

Texto Editores, 2012

Francisco Machado

Embaixador. Doutorando no Instituto de Estudos Políticos da Universidade Católica Portuguesa

Eesse tipo de publicações torna-se tanto mais necessário quanto ainda não estaremos completamente imunizados, por um lado, em relação a narrativas pretéritas de índole épica ou providencial e, por outro, face a um certo pessimismo tão característico dos portugueses nos momentos de contrariedade.

Ciente dessas limitações, Malyn Newitt, oferece-nos uma obra de divulgação da história do nosso país por via de Portugal na História da Europa e do Mundo, que é a tradução portuguesa do seu livro Portugal in European and World History (Londres, 2009). O autor, professor emérito de História no Departamento de Estudos Portugueses e Brasileiros do King’s College, de Londres, e respeitado conhecedor da história colonial portuguesa, já havia escrito, entre outros trabalhos, uma History of Mozambique (Londres, 1995).

Ao longo de 10 capítulos, Portugal na História da Europa e do Mundo regista, em estilo despretensioso, imagens sucintas de alguns dos temas mais significativos da história portuguesa, como, por exemplo, as repercussões que tiveram entre nós grandes conflitos europeus, como a Guerra dos Cem Anos ou o Cisma de Avinhão, ou a avaliação dos níveis de influência britânica em momentos decisivos da vida nacional. No texto são igualmente desenvolvidas questões pouco conhecidas do grande público ou nem sempre analisadas sob ângulos que nos libertem do efeito anestesiante de lugares-comuns a que o nosso ouvido se vai habituando. Aliás, uma das matérias a que Malyn Newitt dedica uma reflexão mais afastada do discurso corrente diz respeito ao impacto político-social da Inquisição e ao fenómeno da respectiva sobrevivência ao longo de 300 anos, sob um figurino nem sempre idêntico. O que, como é óbvio, nos põe de sobreaviso para o carácter naturalmente polémico de tal tipo de questões.

“Portugal na História da Europa e do Mundo” regista imagens sucintas de alguns dos temas mais significativos da história portuguesa, desenvolvendo questões pouco conhecidas ou nem sempre analisadas sob ângulos que nos libertem dos lugarescomuns a que nos vamos habituando

Como seria de esperar, alguns tópicos deste Portugal na História e no Mundo reflectem pontos de vista do seu Autor sobre questões que estão longe de se poderem considerar encerradas. Assim, por exemplo, a relação entre os factores acidentais e os factores permanentes que condicionaram a circunstância portuguesa, sobretudo nos momentos em que mais difícil se tornou distinguir – se é que havia necessidade de o fazer – entre política interna e política externa, não são objecto de tratamento especial. Daí que essa característica da obra em apreço permita contornar teorias contraditórias relativamente ao debate, ainda não inteiramente ultrapassado, entre a concepção continental e a concepção oceânica da identidade nacional, ou sobre as causas determinantes e as finalidades dos descobrimentos e da expansão portuguesa de Quinhentos.

Algumas imprecisões da investigação, como afirmar que Fernão Mendes Pinto era jesuíta; ou da tradução, como utilizar o termo “vice-realeza” em vez de “vice-reinado”, não diminuem, naturalmente, o interesse que uma obra como Portugal na História da Europa e do Mundo merece.

Comentários (0)Add Comment

Escreva o seu Comentário
É necessário autenticar-se para enviar comentários.

busy
 
© 2019 Nova Cidadania
Powered by Angulo Sólido.